quinta-feira, 5 de novembro de 2009

V: revelações antecipadas

No último dia 3 de novembro estreiou nos States a nova série: “V”. Refilmagem de um clássico dos anos 80 (chocante) “V” conta a história de uma série de enormes naves espaciais (acho que 29 no total) que chegam ao nosso planetinha azul e se põe a sobrevoar grandes cidades do mundo (Nova York, Rio de Janeiro, Moscou, Londres, Paris, etc). Sim, eles mesmos se satirizam comparando a cena com “Independence Day”, que plagiou o antigo “V” e que, por sua vez, deve ter plagiado outro clássico da Sci-Fi que desconheço. E, logo vemos uma bela moça alienígena que se apresenta como Anna e explica as intenções de seu povo na Terra.

vbatalhafinal_elenco_img01_21052009

SPOILERS – SPOILERS – SPOILERS

v Tudo bem que não seja uma história original (poucas são) mas não é preciso entregar todos os detalhes logo no primeiro episódio. Digo isso em comparação à primeira versão, pois segundo minha memória infantil distorcida o suspense era maior no princípio. Mas posso estar errado!

De qualquer maneira, neste primeiro episódio já somos informados que os alienígenas são grandes lagartões malvados manipuladores que vieram nos fazer mal. Já nos revelaram até mesmos elementos novos na história que poderiam gerar bons momentos de suspense, como por exemplo a presença dos alienígenas há vários anos na Terra.

Eu reclamo quando uma série insiste em sustentar um suspense de forma insustentável (vide: 3ª temporada de Lost), mas a ausência de suspense também não me agrada muito. A expectativa é importante para manter o interesse.

A propósito, temos na série Elizabeth Mitchell, a Juliet de Lost, como uma agente do FBI e mãe solteira/divorciada/desquitada.

A série parece ser bem produzida e com um elenco legal. E, apesar do primeiro episódio apressado e equivocado, sei que verei o segundo episódio.

jb-v2-60(Reflexão momentânea: o FBI deve ter um processo seletivo bem fácil! Todo mundo nos States, segundo o cinema e a TV, tem parentesco, amizade, namoro ou vizinhança com alguém do FBI).

Quando criança eu achava muito legal as armas laser e os uniformes dos aliens de V. Hoje já não tenho mais certeza se era tão legal assim, para a época talvez, mas para a série atual com certeza roupinhas bonitas e efeitos legais não vão bastar para manter meu interesse!

Continue Lendo...