terça-feira, 25 de março de 2008

Ladrão usa hipnose para roubar Supermercados

O que parece uma manchete sensacionalista a princípio revela-se um dos maiores absurdos do mundo dos "Bat-Carteiras".
Na cidade italiana de Jesi, um assaltante-cigano-lê-búzios-e-faz-amarração-pro-amor andou aproveitando-se de seus poderes hipnóticos para provavelmente bancar suas férias em Machu Picchu. Com uma simples conversa caixa/cliente hipnótica ele distraia a vítima, e limpava a caixa registradora em segundos.

Os funcionários da loja só se deram conta do prejuízo quando foram fazer o fechamento do dia, e notaram a falta da quantia de 800 euros. A funcionária hipnotizada logo desconfiou do senhor barbudo que a abordara estranhamente em certo momento de seu dia útil, embora não lembrasse quase nada do momento da ação.

Felizmente o circuito interno de câmeras de segurança registraram o momento exato da sessão involuntária de hipnose, que talvez tenha saído mais barato do que uma consulta tradicional aos charlatões profissionais. Porém, apesar de ter rendido closes nítidos do rosto do saqueador, as imagens ainda não levaram a polícia local à prisão do mesmo.

Possivelmente trata-se de uma brilhante estratégia de marketing do Hipnotizador, diante da necessidade de comprovação da eficácia de suas técnicas.


Veja abaixo o vídeo da reportagem:


Fonte

Continue Lendo...

segunda-feira, 24 de março de 2008

O Google é Deus?

Há quem diga que o Google é a coisa mais próxima de Deus já criada pelo homem. E ainda lista as provas disso:

  1. O Google é a coisa mais próxima da Oniciência, e pode ser verificada cientificamente;
  2. É Virtualmente Onipresente;
  3. Responde todas as suas preces (dúvidas);
  4. É potencialmente Imortal;
  5. É Infinito;
  6. Lembra de Tudo;
  7. É Onibenevolente, Incapaz de Fazer o Mal;
  8. O Termo "Google" é mais procurado que "Jesus", "Buda", "Deus", "Allah", "Cristianismo", Islamismo", "Budismo" e "Judaismo", combinados.
  9. Há mais evidências da existência do Google do que qualquer outro Deus. E a Fé não é necessária para isso.

O Google realmente é uma coisa incrível que já domina virtualmente o mundo. Tenha uma prova de seu poder: Gmail, Orkut, GoogleTalk, Blogger, GoogleMaps, Google Earth...

Não acredita nisso? Pois veja aqui: A Igreja do Google!

Se isso fosse levado a sério, competiriria com a Bola de Neve Church no nível de bizarrice!

Fonte: Blog da Galileu.

Continue Lendo...

quinta-feira, 20 de março de 2008

Feliz Ano Novo!

Hoje entramos no Outono e o Hemisfério Norte, na Primavera. Essa data tem uma importância histórica além do início dessas estações do ano no planeta, ela é também um marco na origem dos calendários.

Já pensaram no absurdo que é chamar o mês 9 de "SETEmbro" e o 11 de "NOVEmbro"? Pois é... Não faz muito sentido.
Numa pesquisa rápida sobre nosso Calendário, descobrimos que no passado o Ano Novo era comemorado em 1º de Março, pois coincidia com o início da Primavera (no Hemisfério Norte). Nada mais óbvio, comemorar o início de um novo ciclo quando se percebe o reflorescer das árvores ao seu redor. É realmente incrível como os antigos organizaram seus calendários com base na observação. Alguns Índios Brasileiros utilizavam o Caju para calcular o tempo, e, em Tupi-Guarani: Acayu (Caju) significa “ANO”.

Mas nosso Calendário, de origem Romana, já passou por várias reformulações e transformações, de forma que se perderam alguns de seus significados, como o fato do Ano não se iniciar junto de uma estação.
O Império Romano possuiu um Calendário bastante primitivo chamado “Calendário de Rômulo” (753 a.C.). Nesse, o ano era contado com 304 dias dentro de 10 meses (não existia ainda Janeiro e Fevereiro), pois vários dias do Inverno não eram contabilizados.
Já em 700 a.C. foi aderido um Calendário um pouco melhor, mas também bastante confuso, o "Calendário Pompílio". Esse se alternava entre anos de 355 dias organizados em 12 meses (já com Janeiro e Fevereiro) e anos com 377 dias organizados em 13 meses, sendo um deles apenas um período intercalar para o ano seguinte. Porém, note-se que nessa época os anos não eram contados como fazemos hoje, cada ano completado recebia um nome próprio (normalmente o nome de um político em exercício na época).
Mas em 45 a.C. Julio César reformulou o Calendário Romano em 365 dias dentro de 12 meses e, instituiu o Ano Bissexto a cada 4 anos, mas o Ano Novo ainda era comemorado no Festival da Primavera. Essas medidas foram necessárias para padronizar a contagem do Ano por todo o Império Romano, pois algumas regiões contavam o tempo de formas muito diferentes.
Entretanto, mais tarde, verificou-se que havia um pequeníssimo erro na contagem dos Anos Bissextos (12 minutos) e, o Papa Gregório XIII para corrigir o erro omitiu 10 dias do Calendário em 1582 para mais uma vez sincronizar o tempo com as estações do ano e melhor calcular o dia de Páscoa. Assim, no ano de 1582 não existiram os dias entre 4 e 15 de Outubro. E, foi com Gregório XIII que se começou a contar a cada Ano Novo em 1º de Janeiro.
Desde de então, o Ano Bissexto não é mais a cada 4 anos simplesmente. Os anos múltiplos de 100, mas não de 400, não são Bissextos. O Ano de 1900 foi o último ano que seria Bissexto, mas não foi, e o próximo será 2100. Sem essa regra, o ano se atrasaria 3 dias a cada 400 anos.
Demorou bastante tempo para todos os paises aceitassem o Calendário Gregoriano. A Rússia, por exemplo, só o aderiu em 1918 e a Turquia em 1923. Antes disso, era utilizado o Calendário Juliano.
Já os nomes dos Meses permaneceram quase os mesmos desde de 753 a.C., e podemos ver que eram seis meses com nomes derivados de Deuses e outros seis que eram apenas contados. Vejamos:

  • Março – Martius – Marte (Ares - Deus da Guerra).
  • Abril – Aprilis - Vênus (Afrodite - Deusa do Amor).
  • Maio – Maius - Bona Dea (Fauna - Deusa da Fertilidade).
  • Junho – Iunius - Juno (Hera - Deusa do Casamento e Protetora das Mulheres).
  • Julho – Quintilis – 5º Mês (Dedicado a Julio César).
  • Agosto – Sextilis – 6º Mês (Dedicado a César Augusto).
  • Setembro – Septem – 7º Mês.
  • Outubro – Octo – 8º Mês.
  • Novembro – Novem – 9º Mês.
  • Dezembro – Decem – 10º Mês.
  • Janeiro – Ianuarius – Jano (Janus - Deus do Passado e do Futuro).
  • Fevereiro – Februarius – Februus (Deus da Morte e da Purificação).

Calendário da Paz
Existe um projeto bastante interessante do arqueólogo americano José Arguilles. Ele propõe que em 2013 seja adotado o “Calendário da Paz”. Um sistema desenvolvido por ele mesmo, baseado no Calendário Maia, que inclui 365 dias organizados em 13 meses iguais.
Seriam 13 meses de 28 dias, somando 364 e, o dia restante “fora do tempo” seria proclamado o “Dia da Paz”. Segundo ele, nosso atual sistema capitaliza o tempo e seu projeto faria com que nos re-aproximasse dos Ciclos Naturais do planeta, pois nos esquecemos que o ciclo Lunar é de 28 dias.

Realmente parece interessante, mas alguém acredita que vá para frente?

Fontes:
Cruzamento de Informações entre edições das Revistas: Galileu e Superinteressante e, mais um pesquisa básica na Wikipedia.

Continue Lendo...

quarta-feira, 19 de março de 2008

Morto ou abduzido, uma grande perda

O escritor de ficção científica britânico Arthur C. Clarke morreu nesta terça-feira (18), aos 90 anos em sua casa em Colombo, capital do Sri Lanka.

Segundo informações do seu secretário pessoal, Clarke teve uma parada cardiorrespiratória às 18h30 (1h30 da manhã de quarta-feira no horário do Sri Lanka).

Físico e escritor, Clarke escreveu mais de 80 livros, incluindo "2001 - Uma Odisséia no Espaço" (que ganhou versão cinematográfica sob direção de Stanley Kubrick em 1968) além de cerca de 500 artigos e contos. Na década de 40, Clarke afirmou que o homem chegaria à lua no ano 2000, uma idéia considerada absurda na época. Muitos creditam ao escritor o mérito de dar uma face mais humana e prática à ficção científica. Nascido em Somerset, Clarke era filho de um fazendeiro. Durante a Segunda Guerra Mundial, serviu na Royal Air Force (a Força Aérea Real britânica) em um então projeto ultra-secreto de desenvolvimento de radares.

Três desejos

Durante as comemorações de seu 90º aniversário em dezembro de 2007, Clarke fez três desejos: encontrar extraterrestres, que o homem abandone seu hábito petroleiro e que o Sri Lanka encontre a paz.

"Se me fosse permitido fazer apenas três desejos, eu gostaria de ver alguma evidência de vida extraterrestre. Sempre acreditei que não estamos sozinhos no universo, mas ainda aguardamos que um ET venha nos visitar ou nos deixar algum tipo de sinal", disse Clark em vídeo publicado na Internet.

"Em segundo lugar, eu gostaria que nos livrássemos de nossa atual dependência do petróleo e adotássemos fontes de energia limpas", acrescentou. E finalmente: "Vivo no Sri Lanka há mais de 50 anos, e durante metade desse tempo tenho sido uma testemunha entristecida de um conflito amargo que divide meu país adotivo. Eu desejaria ardentemente ver uma paz duradoura no Sri Lanka o quanto antes", disse o autor ao completar sua 90ª órbita ao redor do sol.


(Com informações da Reuters, BBC e EFE)

Fonte

Continue Lendo...

sexta-feira, 14 de março de 2008

Sexo e Cachorros Livres!

Esta semana em Amsterdã, o governo decidiu que os cães só poderão passear na praça Vondepark com coleira, sob risco de multa a quem descumprir a lei. E ainda, foi legalizado o sexo em público dentro da mesma praça, numa tentativa de combater a homofobia.

Imediatamente, a população se manifestou CONTRA a proibição de cães passearem sem coleira e, em APOIO a legalização do sexo em público!

As únicas regras com relação ao sexo em público são: jogar no lixo os preservativos utilizados pelo casal; não copular perto dos parquinhos e se limitar durante a noite.

A justificativa para a lei é ótima: “Porque deveríamos nos opor à uma regra de algo que você não pode controlar? Além disso, não é um estorvo para outros visitantes e proporciona muito prazer a um certo grupo de pessoas”, disse o vereador da cidade Paul van Grieken.

A lei municipal de Amsterdã foi bem aceita e será extendida para todas as praças do país.

“Me incomoda o fato das pessoas fora da Holanda se importarem tanto com essas coisas”, disse o britânico residente em Amsterdã Dave Clarke. Pois é! Ele ainda disse que se cada um faz o que quer sem ninguém ficar ferido ou ofendido, que mal há?

Nenhum, eu responderia. Acho que os Holandeses aprenderam o que é Democracia e Liberdade antes de todo mundo. Democracia é Respeito e Liberdade é Responsabilidade!

Fontes: G1, O Globo, rraurl.com.

Continue Lendo...

terça-feira, 11 de março de 2008

HollyWORDIEs - Melhores Frases do Cinema

O Instituto Americano GLM (The Global Language Monitor) pesquisa as frases de cinema com maior impacto na Língua Inglesa e na cultura pop. Para o formulação do ranking, o Instituto utiliza um algoritimo próprio que pesquisa a freqüencia das palavras nos meio de comunicação eletrônico e impressos, internet e bases de dados. Veja o resultado:

Top HollyWORDIEs de 2007

1. “Call it, Friendo.” (No Country for Old Men - Onde os Fracos não têm vez) – Javier Bardem.


2. “I drink your milkshake.”; “I drink it up!” (There will be Blood - Sangue Negro) - Daniel Day Lewis.


3. "Shoulda gone to China, because I hear they give away babies like free iPods."; "Doodle that can't be undid” ; "Silencio" (Juno - Juno) - Ellen Page.


3004. “Maddness? This is SPARTA!” (300 - 300) – Gerald Butler.


5. “I’m not the guy you kill; I’m the guy you buy off.” (Michael Clayton - Conduta de Risco) – George Clooney.


6. “I think I am beginning to disappear.” (Away From Her - Loge Dela) - Julie Christie.


7. “Either you're somebody, or you ain't nobody.” (American Gangster - O Gângster) – Denzel Washington.


8. “Squeezin' that watch won't stop time.” (3:10 to Yuma - Os Indomáveis) – Russell Crowe.


9. “Sometimes birth and death go together.” (Eastern Promises - Senhores do Crime) - Naomi Watts.

10. “It was the things you don't choose that makes you who you are.” (Gone Baby Gone - Medo da Verdade) - Casey Affleck.


Eu ainda acrescentaria "I'm Finished!" em "Sangue Negro" e uma série de outras frases de "300".

E, em 2006 a frase em 1º lugar foi: "High Five! It's Sexy Time!" de Borat. Muito bom!

Fontes: G1, The Global Language Monitor.

Continue Lendo...

domingo, 9 de março de 2008

"4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias" - Aborto em Discussão

Tive a oportunidade de assistir ao filme: "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias" e gostaria de comentá-lo nesse Blog. 4months3weeks2days_01

Ambientado na Romênia em 1987, durante uma ditadura comunista bastante opressiva, conta a história de uma garota (Gabriela) que planeja realizar um aborto, ilegal em seu país, com a ajuda de sua melhor amiga (Otília), a protagonista.

O título já nos dá uma das respostas que esperamos ouvir de Gabriela durante o filme, mas essa informação é desconhecida pela personagem.

Angústiante em muitos momentos, o filme exibi essa narrativa de forma crível e madura. O diretor é capaz de transmitir uma sensação de realidade através da câmera e do próprio roteiro, e uma dramaticidade usando apenas a ambientação e os personagens, sem apelar para sons de orquestra e closes em lágrimas e expressões caricatas de sofrimento.

Não acredito muito em Imparcialidade ou Neutralidade, pois sempre apresentamos um tema através de um foco, um recorte, que por si só já possui uma intencionalidade. Porém, não consigo classificar "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias" como um filme Pró-Aborto ou Contra-Aborto.

Penso ser possível defender os 2 pontos de vista através desse filme. Cabe à interpretação de cada um.

Quando vemos os momentos mais dramáticos que antecedem o Aborto, logo podemos defender sua prática legal na tentativa de defender essas garotas. Mas em seguida, somos apresentados ao Aborto, propriamente dito, e vemos uma mudança nas concepções de Gabriela a respeito do que acabara de fazer. Momentos esses que podem ser interpretados como Contra-Aborto. Assim, recebemos alguns argumentos para defender os 2 lados.

Dito isso, ao terminar o filme tendemos a usar nossas idéias e crenças a respeito do assunto para interpretar o filme como um todo e será assim que muitos poderão o classificar.

Ficha Técnica:

4months3weeks2days_02 "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias" - (4 Luni, 3 Saptamâni si 2 Zile)
Romênia - 2007

Diretor: Cristian Mungiu
Roteiro: Cristian Mungiu

Elenco: Anamaria Marinca, Laura Vasiliu, Vlad Ivanov...

Eu, particularmente,

sempre defendi a prática do Aborto como uma escolha exclusivamente feminina. Acredito que o Estado deve defender o interesse de todos. Assim, se há uma parcela da sociedade que defende uma prática que não causará mal algum aos outros membros dessa sociedade, por que condená-los?

As questões Éticas sobre o assunto me parecem hipócritas. A manipulação e criação da vida humana já é praticada há muito tempo nos laboratórios sem esses conflitos. E depois, os embriões possuem apenas potencial para se tornar um ser humano, assim como todos os espermatozóides e óvulos descartados pelas pessoas durante toda a vida.

Somente apartir do 6º mês a criança tem chances de sobreviver fora do útero com cuidados intensos (do 7º é mais certo isso) e, por essa razão, imagino que o limite de tempo para o aborto deveria ser antes disso, por volta dos 3 ou 4 meses. Quando o feto é apenas um parasita com potencial humano. Mas esse assunto ainda é muito romanciado.

Quanto aos interesses religiosos na questão, isso só cabe aos fiéis. Os religiosos devem exercer sua crença e propagá-la àqueles que os seguem. Seria injusto amanhã todos serem proibidos de doar ou receber sangue, não seria? Ou então, todos deverão ser circuncisados; todos serão proibidos de trabalhar aos Sábados (essa seria boa!!!)... mas enfim, o mundo não funcionaria bem dessa forma, e ofenderia ou prejudicaria muitas pessoas.

O Aborto já é uma prática comum em todo o mundo, seja nos países em que são proibidos ou não. E, é visto como um problema para o Estado apenas onde é proibido, pois muitas mulheres acabam morrendo ou tornando-se estéries após se submeterem a procedimentos sub-humanos. Enquanto ilegal, o Estado ignora e prejudica essas pessoas. É ilusão acreditar que a proibição inibe completamente sua prática.

Não defendo o Aborto como prática regular na prevenção de filhos, sua legalização deve vir acompanhada de diversas medidas educativas e preventivas, além de coexistir com procedimentos de preservação emocional para a mulher. Acredito que deve existir a opção do Aborto para quem a defende, mas não devemos incentivá-la para todas as situações, pois assim, cairíamos no mesmo erro da generalização religiosa.

Continue Lendo...

quarta-feira, 5 de março de 2008

Nostalgia da Tarde - A Missão

Mais um clássico da Sessão da Tarde, Os Goonies (The Goonies, 1985). Tenho certeza que esse filme marcou a infância de muita gente. "Sloth gosta de Doce"!

Vejamos uma das cenas mais engraçadas do filme, a tortura do Gordo:

Continue Lendo...

terça-feira, 4 de março de 2008

Compre um Encontro com Scarlett Johansson

Para ajudar a ONG "Oxfam" na luta contra a pobreza, a atriz Scarlett Joahnsson resolveu leiloar um encontro no dia da estréia de seu novo filme: "He's Just Not That Into You".

O Leilão está acontecendo pelo eBay, e nesse momento (15:00Hs) encontra-se no valor de U$12.300. Ah sim, e ela não deixou claro se haverá algum teor sexual no encontro. Mas o melhor de tudo é que você ainda ganha um passeio de carro com chofer e 2 ingressos para o cinema... UAU!!!

Boa Sorte, para quem fizer o lance.

Fonte: Folha Online.

Continue Lendo...

segunda-feira, 3 de março de 2008

Ih sujou, as TIRAS!


A dica da vez é esse divertido site onde você pode fazer suas próprias tirinhas cômicas, e mandar para seus amigos depois. Com elementos básicos à disposição como personagens, objetos de cena e balões de texto, é a ferramenta perfeita pra quem tem criatividade, e muita preguiça de desenhar.

http://stripgenerator.com/

Continue Lendo...